Allegrini Estates

um breve perfil

A Família Allegrini se dedica à produção do vinho há mais de quatrocentos anos, desempenhando um papel significativo no desenvolvimento da Valpolicella e contribuindo a fazer-lhe berço privilegiado de grandes tintos.

Sob a insígnia Allegrini encontramos hoje um grupo consolidado de quatro Empresas distribuídas entre o Veneto e a Toscana, por uma superfície total de cerca de 240 hectares. Mas é em Fumane di Valpolicella, que Allegrini encontra raízes: aqui, em 1854, é iniciada a Empresa Agrícola à cuja guia se sucedem, no curso dos decênios, as gerações da Família. É com Giovanni, porém, que acontece a virada: ele de fato se volta com decisão à busca da qualidade, valorizando as grandíssimas potencialidades enológicas e vinícolas da sua terra. Em 1983, sucedem-no os três filhos: Franco, enólogo, Marilisa, responsável comercial, e Walter, encarregado da condução do setor viticultura, falecido prematuramente, que deixa o testemunho à filha Silvia.

Na área da Valpolicella Clássica se estendem por cerca de 100 hectares as propriedades de allegrini: daqui nascem (cru?) de absoluto prestígio quais La Grola, Palazzo della Torre e La Poja e daqui inicia o seu caminho no mundo o Amarone: príncipe dos grandes tintos italianos.

Corte Giara

É uma marca nascida em 1989 para responder à exigência de ampliar a gama dos produtos disponíveis, introduzindo também variedades internacionais para uma linha de vinhos jovens, prontos para beber em vários contextos de convivência e de mais fácil aproximação para os consumidores.

Poggio al Tesoro

É uma empresa de Bolgheri criada em 2001 que se estende hoje por cerca de 70 hectares, dos quais quase 60 com vinhas. Zona de grandes vinhedos internacionais, a Bolgheri Allegrini produz vinhos de estilo moderno e elegante, que imediatamente se afirmaram no panorama enológico internacional.

San Polo

É a mais recente aquisição do gruppo ocorrida em 2007 e encarna a filosofia de uma Empresa voltada para o futuro e atenta às novas temáticas do respeito pelo ambiente, do qual é demonstração concreta a cantina pensada segundo os cânones da moderna bioarquitetura.

Villa Della Torre

Em 2008 Allegrini eleva a casa da era do Renascimento Italiano, em Fumane di Valpolicella, joia arquitetônica desse período concebida pelo mestre Giulio Romano, hoje lugar de eventos culturais e coração da hospitalidade Allegrini.

Altíssima qualidade e forte presença nos mercados exteriores permitiram a Allegrini de tornar-se nos últimos decênios uma das realidades vinícolas italianas mais apreciadas no mundo, sempre no topo das classificações do Wine Magazine, entre assas aquela mais famosa de Wine Spectator.